Sobre o Tantra

Palavras não definem Tantra. O Tantra simplesmente é!



Vamos combinar uma coisa sobre tudo que estiver por aqui? Simplesmente evitaremos as ideias pré-concebidas e com isso vamos ganhar muito, inclusive tempo.

Não faltarão comentários adicionais sobre aquilo que se conhece sobre tantra no mundo inteiro, mas vamos ficar só aqui no nosso país mesmo. Vamos partir do princípio de que tudo aquilo que for pornográfico ou pura sacanagem travestida com o nome de tantra não serão objeto dessa discussão, e vou falar sobre isso noutro momento.

Trataremos aqui o Tantra como instrumento de expansão de consciência. Isso já vai bastar para conversarmos dessa vez. No tantra não há dogmas, sacerdotes, ídolos, apenas a busca do real.


Aprendemos que mente e corpo formam um sistema único e isso faz todo sentido para entendermos o principio da “coisa” do tantra. O cérebro perde assim a exclusividade sobre a consciência e essa passa ser propriedade do corpo todo. Esse último deixa de ser apenas uma ferramenta para evolução – passemos a entender que a nossa espiritualidade está em todos os níveis corporais.


Isso faz sentido, pois ao buscar alguma tradução de tantra podemos conceituar como teia. Que tipo de teia seria essa? A interligação de tudo que se é com acolhimento e aceitação. E um conceito muito libertador começa a aparecer que é o de simplesmente “ser” antes de qualquer outra ação como, por exemplo, pensar.


Prestar atenção e vivenciar o corpo oráculo traz perspectivas novas para o que já conhecemos . O “divino” habita em cada célula do nosso corpo e se cada célula é capaz de ter consciência por meio da acuidade sensorial, podemos expandir o nosso sagrado.

Isso não é místico não! Trata-se de uma maneira bem prática e prazerosa de trazer uma capacidade palpável de perceber que neste momento podemos criar muitas habilidades corporais de expansão e isso inundar nossa vida de amor.


Já pensou como será a próxima vez que sentir um toque, um beijo, um odor, ouvir algo, sentir um gosto?


Imagine você com este conceito sentado na areia de uma praia. Quantas sensações se potencializariam? Quanta conexão teria? Valeria a pena ficar quanto tempo nesse estado? Realmente sentiria vontade de parar o tempo só para se derreter exatamente neste momento? Pois bem, isso é tantra, é amor – é a capacidade de sentir com o todo: mente corpo e espirito.


  • Tantra não é sexo! Visto por fora, pode parecer... Vivido por dentro: transforma.

  • Tantra é aceitação, fluidez, expansão, consciência, meditação, é o divino.

  • Tantra é o caminho do fio da navalha, não é uma técnica. Tantra é entrega, envolvimento total e dissolução do ego. Tantra é o encontro de seres.

  • Tantra abre o coração, é renovação e revolução.


Palavras não definem Tantra. O Tantra simplesmente é!


#alexandremagno#tantracoach#tantracoaching#tantraparahomens#tantraparamulheres#neurolinguistica#pnl#hipnose#tantra#coaching#hipnoterapia#coach#massagemtantrica#inteligenciaemocional#autoconhecimento#motivação#capacitação#terapiatantrica


8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo